Professor da Universidade Estadual publica obra de Arqueologia sobre a Tradição Itacoatiara na Paraíba
24.02.2015

Com apoio financeiro do Programa de Incentivo à Pós-Graduação e Pesquisa (PROPESQ) da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), o professor Juvandi de Souza Santos, vinculado ao Departamento de História da Instituição, publicou esta semana o seu 26º livro, intitulado “Estudos da Tradição Itacoatiara na Paraíba: Subtradição Ingá?”.

O volume, disponibilizado inicialmente em formato de e-book, foi produzido a partir dos primeiros resultados das pesquisas realizadas pelo professor e sua equipe de alunos bolsistas do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica (PIBIC) do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq).

A pesquisa foi realizada a partir da Itacoatiara do município do Ingá, conhecido como sítio arqueológico de arte rupestre nuclear, seguindo por um raio de 45 km e 3600, área em que os pesquisadores buscaram outros sítios com gravuras rupestres, no intuito de averiguar até que ponto as figuras se repetem em outras formações rochosas.

Juvandi Santos explica que uma subtradição de arte rupestre ocorre quando se verifica semelhanças entre tipologias e processos de confecção dos grafismos rupestres existentes em uma grande área de sítios arqueológicos. Ele alerta que o título “Estudos da Tradição Itacoatiara na Paraíba: Subtradição Ingá?” faz propositalmente uma interrogação, pois “só com o tempo e visitas a outros sítios é que, de fato, será possível afirmar ou refutar a existência desta subtradição”.

“Este livro é fruto de mais de três anos de pesquisas, que envolveram vários pesquisadores bolsistas e resultaram em um extenso material, pois mostra para o Brasil que na Paraíba também fazemos Arqueologia de peso, com bons trabalhos. Mas é importante que o apoio financeiro da PROPESQ permaneça, para que as pesquisas continuem”, disse o professor Juvandi, que afirma que, em breve, o livro também será publicado em material impresso.

Confira o e-book.